Pesquisar este blog

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

INCRA ENTREGOU CASAS NO PAE GENIPAPOS



Manicoré AM - Num ambiente eminentemente rural, à sombra das árvores entremeado com sol e chuva, a superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, (INCRA), Maria do Socorro Marques Feitosa, entregou no último fim de semana, 29 casas construídas com o crédito habitação para os beneficiários da reforma agrária do Projeto Agro Extrativista Jenipapos, no município de Manicoré, no rio Madeira.
A construção das casas foi de responsabilidade da empresa J.G.S.R Construções, do próprio município.
A solenidade, com a presença da superintendente do INCRA e de lideranças rurais, movimentos sociais e políticas, foi realizada na comunidade de Rio Preto, onde as casas foram construídas em arruamentos e alinhadas, tornando um pequeno, porém agradável núcleo urbano.
As casas, são de madeira, teladas para dificultar a presença do mosquito transmissor da malária, banheiro dentro e cobertas com telhas de barro, o que melhora muito a temperatura ambiente.
Enfrentando todas as dificuldades regionais, que são muitas, o INCRA juntamente com a Associação dos Assentados da Comunidade do Rio Preto, uma das que integra o PAE Jenipapos, conclui essa importante etapa de trabalho.
Além do Rio Preto, onde foi realizada a solenidade, foram entregues o9 casas na comunidade de Santa Maria do Poção, 05 em São José do Miriti, 09 em Santa Maria do Miriti Grande e 34 na comunidade do bracinho, totalizando 96 casas com investimento da ordem de R$ 480 mil.
OLHAR DIFERENCIADO
Satisfeita com a entrega das casas, a superintendente Socorro Feitosa, fez questão de frisar o carinho com o qual o Governo Lula tem dispensado para a Amazônia e particularmente para o Amazonas. “O Governo tem tido um olhar diferenciado para a região, por isso, as coisas estão realmente acontecendo” – afirmou.
Segundo ela, a entrega das casas na comunidade Rio preto, demonstra o interesse do Governo Federal através o INCRA com o desenvolvimento socioeconômico da região, especialmente no que se relaciona aos beneficiários da reforma agrária e da agricultura familiar.
Feitosa elogiou a qualidade das casas, pregou a união entre os assentados, agradeceu aos parceiros e disse que outros benefícios serão carreados para o PAE Jenipapos, como assistência técnica, infra-estrutura, na educação com o Pronera e linhas de financiamentos através o Pronaf A, um crédito barato feito pelo Governo especialmente para a reforma agrária, além de ressaltar os cuidados que todos os assentados devem ter com o meio ambiente.
Para a chefa substituta da Divisão de Desenvolvimento da SR-15, Adriana Lima, “as ações do INCRA no PAE Jenipapos não param com a entrega da casas. O nosso trabalho vai continuar, está é apenas uma etapa que estamos vencendo e o desafio de vocês, agora é com a produção” afirmou.
SATISFAÇÃO
A satisfação dos assentados era evidente. Todos elogiaram o trabalho que vem sendo desenvolvido na área pelos técnicos do INCRA e garantem que muita coisa boa vem acontecendo.
Para D. Rosy Nascimento da Costa, a casa que ela ganhou do INCRA, foi o maior presente que já recebeu em toda a sua vida. ”Para mim essa casa é muito importante e o INCRA tem sido muito bom para o assentamento. Tem nos ajudado muito” – disse.
O presidente da comunidade do Rio Preto Sebastião de Oliveira, agradeceu a superintendente Socorro Feitosa pelas ações de reforma agrária que vem sendo realizadas no PAE Jenipapos, fez algumas reivindicações e afirmou que o trabalho que o INCRA vem realizando no PAE tem sido altamente positivo”.
O INCRA continua trabalhando para entregas as habitações nas demais comunidades do PAE, com a construção de mais 197 casas, com investimentos da ordem de R$ 985 mil.que conta 389 famílias cadastradas.(Fonte:Ascom - Incra AM)

domingo, 30 de agosto de 2009

AVIAÇÃO: MANAUS TEM PONTOS AVIÁRIOS IDENTIFICADOS


Manaus - Com o objetivo de identificar os focos de atração de aves, como pontos de acúmulo de lixo em bairros e áreas do entorno do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, a Comissão de Perigo Aviário (CPA), por meio da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e representante de órgãos do executivo municipal, além do Batalhão de Policiamento Ambiental, identificaram, nesta manhã, vários pontos de descarte de lixo.
Um dos locais apontado pela Comissão como um dos maiores descarte de lixo é o ramal da Japonesa, localizado próximo ao conjunto Jardim de Versailles, Zona Centro-Oeste de Manaus. Segundo a gerente de planejamento da Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), Débora Rocha de Paula, daquele local é retirado todos os dias cinco toneladas de resíduos, totalizando 30 toneladas durante a semana. Por conta destes pontos, de acordo com Débora, “há um aumento de pássaros no entorno do aeroporto em função da deterioração mais rápida do lixo e dos restos de animais jogados”.
O diretor de operações da Infraero, Gracil Júnior, informou que no decorrer da próxima semana será discutido o Plano de Gerenciamento do Perigo da Fauna no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, elaborado para garantir a segurança no perímetro do campo de aviação. “Vamos intensificar o trabalho de segurança contra perigo aviário. Para isso, precisamos da cooperação da Semulsp, uma vez que a Infraero só atua no patrulhamento e limpeza do terreno do aeroporto”, explicou Gracil. Ele esclareceu que com as medidas elaboradas a Prefeitura tornar mais eficiente os serviços de coleta de lixo e de fiscalização de estabelecimentos, como feiras, frigoríficos e supermercados.
“A eliminação de focos de atração de aves torna o sítio aeroportuário menos atrativo possível às espécies”, avaliou. A Comissão percorreu as feiras e locais descarte de lixo dos bairros, Bairro da Paz, Redenção, Campos Sales, Parque Solimões e ramais da avenida do Turismo.

IBAMA EMBARGA MADEIRA EM MANACAPURU


Manacapuru – Mais de 296 hectares de terras desmatadas sem licenciamento ambiental foram embargados durante a operação Kaaetè, deflagrada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), nos municípios do Sul do Amazonas.
O Ibama aplicou, ainda, mais de R$ 2,5 milhões em multas e descobriu um esquema fraudulento praticado por uma madeireira do município de Apuí (a 476 quilômetros de Manaus), que estaria utilizando Documento de Origem Florestal (DOF) para vender madeiras de Rondônia para outros Estados.
- Achamos estranho ao ver DOFs saindo de Apuí, no período das chuvas, porque nessa época fica quase impossível passar pela BR 230 e chegar a outros estados em tempo hábil para os documentos serem aceitos. Eu acredito que madeira ilegal de outros estados está sendo esquentadas com planos de manejos do Estado do Amazonas – afirmou Lobato.
A operação Kaaetè está sendo realizada durante o ano inteiro. Com auxilio de um helicóptero, várias áreas desmatadas e queimadas sem licença ambiental foram identificadas.
De acordo com o coordenador da operação Jeferson Lobato o índice de desmatamento tem diminuído em todo o Amazonas de 2003 até agora, mas em Apuí, o órgão verificou crescimento da prática ilegal nos últimos dois anos.(TV Amazonas)

CODAM APROVA NOVOS PROJETOS PARA O PIM


Manaus – O Centro de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) aprovou, ontem (28), 44 projetos que devem gerar mais de 1,4 mil empregos diretos no Polo Industrial de Manaus (PIM), num período de até três anos.
Os seguimentos mais beneficiados com a aprovação dos projetos pelo Codam são os eletroeletrônicos, os de componentes, turbinas hidráulicas usadas na hidrelétrica do Rio Madeira, de plástico, ferro e aço.
A reunião anunciou também as modificações feitas na Lei 2.826, que vai permitir incentivo fiscal para os seguimentos de biodiesel e reciclagem.
Entre os projetos aprovados está a produção de DVD player com sistema Blue-ray, adaptado à TV digital. Os projetos tem um prazo de até três anos para se instalarem no Polo Industrial.(Suframa).

Agronegócio: Governo eleva preço mínimo da Juta e Guaraná - *Thomaz Meirelles


O Ministério da Agricultura divulgou, recentemente, o Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2009/2010. Entre tantas e boas novidades, destacamos o expressivo e significativo aumento no preço mínimo da juta e do guaraná (quadro abaixo). Para operacionalizar o apoio à comercialização para a safra 2009/2010, o ministério apresentou uma proposta orçamentária de R$ 5,2 bilhões (R 2,3 bilhões para aquisições diretas e R$ 2,9 bilhões para equalização de preços), com o objetivo de possibilitar a aplicação dos instrumentos de equalização de preços, aquisições diretas dos produtores e oferta de contratos de opção de venda públicos e privados, mitigando o efeito da volatilidade dos preços ao agricultor, com a aplicação da PGPM. Entre os principais produtos amparados pela PGPM, foram reajustados os preços da mandioca e seus derivados, do milho, do milho de pipoca, da soja, do arroz longo, do algodão em caroço, do caroço do algodão, do leite e do sorgo. Esses reajustes variam entre 5,68% e 34,37%.

Produtos Regionais (juta, malva e guaraná)

Entre os produtos de expressão regional foram reajustados os preços para o casulo de seda, cera de carnaúba, guaraná, mamona em baga, sisal, juta e malva, com aumento entre 5,05% e 64,75%. A PGPM (Política de Garantia de Preços Mínimos), de acordo com o Mapa, tem uma maior influência na formação dos preços nesses setores, que envolvem produtores familiares ainda com menor organização comercial.

Produto R$/Unidade 2008/2009 2009/2010 %
Juta e Malva - Embonecada kg 1,02 1,20 17,65
Juta e Malva – Prensada kg 1,21 1,41 16,53
Guaraná kg 7,52 8,92 18,62

Para a produção de juta e malva o produtor rural poderá contar com o apoio da AGF (Aquisição do Governo Federal) e do EGF (Empréstimo do Governo Federal), entretanto, para o guaraná, somente poderá ser viabilizado o EGF, ou seja, não está prevista a compra por parte do governo federal. Entendo que deva haver uma ampla divulgação desses novos preços, em especial para os juticultores, a fim de que não venham a comercializar a produção por valor inferior ao preço de R$ 1,20 kg para a fibra embonecada.

Preços dos produtos extrativos

O Mapa anuncia que esta é a segunda safra em que foi reforçada a proposta de garantia de preços para os produtos extrativos, açaí, babaçu, borracha natural, castanha-do-brasil, pequi, piaçava e pó cerífero de carnaúba, como forma de garantir o desenvolvimento sustentável e de manter apoio do governo para os produtores envolvidos nessas atividades. É grande a importância para o meio ambiente destas culturas obtidas mediante a conservação e uso sustentável dos recursos naturais por povos e comunidades tradicionais, assim como pelos agricultores familiares. Os preços mínimos aprovados terão validade permanente e serão mantidos até que haja, eventualmente, nas próximas safras, alteração no seu valor. No Amazonas, extrativistas de Borba e Manicoré já foram beneficiados com o pagamento da subvenção. Neste mês de agosto, os municípios de Lábrea e Carauari deverão ter os recursos liberados pelo governo federal.


Produto Unidade R$/Valor

Açaí (fruto) kg 0,61
Borracha Natural (Cernambi) kg 3,50
Castanha-do-Brasil (com casca) hl 52,49
Piaçava kg 1,07 (AM) e 1,67 (BA)

Vizolli retorna ao IDAM

Oficialmente, desde o último dia 13, Edimar Vizolli voltou a comandar o IDAM. Edson Barcelos, profissional a quem tenho grande respeito e admiração por seu talento, assume uma nova missão dentro do governo Eduardo Braga. Vizolli é técnico em agropecuária, e já foi chefe do Escritório do Idam em Apuí e prefeito daquele município. Entre tantos desafios do novo presidente, entendo que a aprovação e implementação do Plano de Cargos e Carreiras do Idam juntamente com a ampliação do quadro de pessoal deveriam ser as principais prioridades, pois, sem um Idam suficientemente forte no interior, jamais alcançaremos nossa auto-suficiência na produção de alimentos básicos.

Apuí, Careiro, Envira e Manaus

Entre os dias 26 e 29 deste mês, acontece a Agropec no município do Careiro (Castanho). Na primeira semana de setembro, o evento agropecuário está agendado para o município de Apuí. Também em setembro está programada a realização da Expoagro. Em outubro, é a vez de Envira, do prefeito Rômulo.

*Thomaz A P Silva Meirelles. Administrador, técnico de operações da Conab e Especialista na Gestão da Informação do Agronegócio. E-mail: thomaz.meirelles@hotmail.com / superbox@argo.com.br

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

BR-319: BANCADA AMAZONENSE PRESSIONA MINC


Brasilia - Em reunião com o ministro do Meio-Ambiente, Carlos Minc, os deputados e senadores da bancada do Amazonas no Congresso Nacional avaliaram as medidas sugeridas para a construção da rodovia BR-319, que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO). O ministro destacou, ontem (27) em Brasília, as exigências que precisam ser cumpridas pelos dois estados.
Minc sinalizou que é preciso construir unidades de preservação às margens da rodovia no trecho que compreende o estado de Rondônia. Segundo o ministro, as obras no Amazonas estão dentro do cronograma programado pelo Governo Federal, a partir dos modelos utilizados no Instituto Chico Mendes, do Acre.
A deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB) questionou a avaliação de Minc em relação as exigências para o governo de Rondônia, consideradas atrasadas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).
- Conforme o ministro, faltaria o governo de Rondônia cumprir com sua parte. No meu entendimento, aquele estado não tem absolutamente nada com isso, pois a licença ambiental para o trecho que vai de Porto Velho a Humaitá (AM) já foi concedida. A partir deste trecho, os outros 450 quilômetros ainda não licenciados ficam inteiramente dentro do estado do Amazonas, afirmou.
O senador João Pedro (PT-AM) declarou em seu twitter que o Ministério do Meio Ambiente realizará uma visita, no próximo dia 10 de agosto, para verificar a situação dos trechos da rodovia. Após o levantamento, haverá uma nova reunião com a bancada do Amazonas, MMA e Departamento de Infra-estrutura de Transporte (DNIT). O objetivo é averiguar se as providências compartilhadas entre os governos federal, do Amazonas e de Rondônia estão sendo adotadas.
O deputado federal Lupércio Ramos (PMDB-AM) considerou a reunião com Minc proveitosa e esclarecedora.
- Estávamos entendendo que havia um cabo de guerra entre os ministérios do Meio Ambiente e o dos Transportes, mas, segundo Minc, não se trata disso, destacou.

Relatório

Foi informado durante a reunião que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) já entregou ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama) as informações complementares ao Estudo de Impacto Ambiental (EIA) necessário à obtenção da licença ambiental.
O presidente do Ibama disse que os resultados da análise das informações do Dnit somente serão conhecidos na próxima reunião do grupo de trabalho.
- O Ibama tem que ser rigoroso, já que uma mesma obra pode causar malefícios ou ser feita de forma a não afetar ninguém negativamente. Sempre que me perguntam dos prazos, eu falo que se tudo for apresentado corretamente e as atividades propostas forem cumpridas, certamente o licenciamento poderá sair ainda este ano, afirmou.
Ainda segundo João Pedro, o ministro disse que uma vez que foram definidas as regras não iria inventar coisas novas para evitar o licenciamento da BR-319.
Para Jefferson Praia (PDT-AM) é difícil acreditar que as obras na rodovia comecem ainda este ano.
- Na minha avaliação, como estamos muito próximos ao período de chuvas, dificilmente nós teremos o início do asfaltamento da BR-319 este ano. Mesmo assim, nós, parlamentares, temos que exigir dos governos um maior entrosamento e que todas as partes envolvidas sejam mais ágeis-, declarou o parlamentar.(Ag.Brasil)

PROCURADOR QUER AÇÃO PENAL CONTRA PALOCCI


Brasilia -Acusados no caso do caseiro vão poder trocar processo por penas alternativas Começa no STF o julgamento contra Palocci no caso do caseiro STF julga Palocci no caso do caseiro nesta quinta
O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou nesta quinta-feira (27) que “existe certeza do crime e indícios veementes de sua autoria” no caso em que o ex-ministro da Fazenda e deputado federal Antonio Palocci (PT-SP) responde pela quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa.
O julgamento do caso em que Palocci, Jorge Mattoso, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, e Marcelo Netto, assessor de imprensa do Ministério da Fazenda à época dos fatos, respondem pela suposta quebra de sigilo começou às 14h35. O STF analisará nesta tarde se aceita ou não a denúncia contra os três.
“A prova definitiva será necessariamente feita no curso da instrução, com observância do contraditório e do direito da ampla defesa”, destacou Gurgel, em seu parecer oral apresentado em plenário nesta tarde.
Na época dos fatos, Mattoso teria entregado a Palocci o sigilo bancário de Francenildo, enquanto Netto teria passado a informação sigilosa à imprensa. Ambos negam que tenham quebrado o sigilo do caseiro. Se aceita a denúncia, os três acusados poderão passar à condição de réus e responder a ação penal no Supremo por quebra de sigilo, crime com pena prevista de até quatro anos de cadeia.
“A quebra do sigilo telefônico dos terminais revelou que nos dias 16 e 17 de março [de 2006], Palocci e Marcelo Netto mantiveram numerosos contatos entre si, o que não era usual. Não se tinha a mesma frequência de ligação. Aliás, longe disso”, destacou o procurador.
“Quando Marcelo Netto foi chamado para ir residência do ministro da Fazenda, ele sabia que estava sendo providenciado extrato de Francenildo para divulgação nos meios de comunicação”, acrescentou Gurgel.
Apó a leitura do parecer do procurador, o presidente do STF, Gilmar Mendes, que é o relator do processo, suspendeu a sessão para intervalo. Na volta, os advogados dos três acusados farão a sustentação oral em defesa de seus clientes. E, somente, após as intervenções das partes, Mendes deverá proferir seu voto. Depois do relator, oito ministros ainda terão direito a voto.(G-1)

INCRA ENTREGOU CRÉDITO NO PAE PURUS



Anori AM - Sessenta e nove toneladas de alimentos foram entregues ontem (26), pela Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – Incra, para 230 beneficiários da reforma agrária no Projeto Agro Extrativista Purus, em ato realizado na quadra de esportes Ruy Oliveira, na cidade de Anori, na calha do Solimões.
O evento contou com a parceria da Prefeitura Municipal de Anori, que emprestou todo o apoio aos servi dores do INCRA responsáveis pela liberação do crédito inicial (alimento), com a participação dos assentados das várias comunidades que foram beneficiados nessa entrega.
A superintendente do INCRA Maria do Socorro Marques Feitosa, foi representada no ato pelo chefe da Divisão de Administração Omar Oliveira, que falou das ações de reforma agrária no município, especialmente no que diz respeito ao reconhecimento das populações tradicionais, como os varzeiros, dentro da nova ótica da reforma agrária, que é de produzir sem degradar o meio ambiente.
O chefe da Divisão Fundiária, José Brito Braga, alinhavou os trabalhos no campo da regularização fundiária, ficando por conta do chefe da Divisão de Desenvolvimento, Giovani Araújo, falar sobre como é feita à política de distribuição do crédito inicial (alimentação e fomento) e habitação para os beneficiários da reforma agrária.
Omar Oliveira ressaltou a parceria com a Prefeitura Municipal de Anori, o que certamente levará mais benefícios para o município.
Os quites alimentação entregues em Anori, no valor de R$ 900 reais por família, totalizou R$ 207 mil reais.
Dentro de aproximadamente 30 dias, o INCRA voltará ao município para fazer a entrega da parte do crédito referente ao fomento, no valor de R$ 1.500 reais por família, totalizando R$ 346.500,00.
Terminada essa etapa, segundo anunciou o chefe da Divisão de Desenvolvimento, Giovani Araújo, o INCRA vai começar a trabalhar para a libe ração do crédito habitação, no valor unitário de R$ 15 mil reais.
PAE PURUS
Criado em 2006, o Projeto Agro Extrativista Purus, em terras dos municípios de Beruri, Anori, Manaquiri, Manacapuru e Codajás, têm uma área de 900 mil hectares, onde estão cadast6radas para efeito de reforma agrária 1.393 famílias.
Situado inteiramente em área de várzea, o PAE produz açaí, perca art4esanal, juta, malva e farinha de mandioca. Toda a produção é direcionada para os cinco municípios que abrigam o PAE.
Os varzeiros, agora amparados pela política de reforma agrária do Governo Federal, elogiaram as ações que vem sendo desenvolvidas pelo INCRA, como afirmou D. Arlete Correa Mota: “Graças a Deus estamos recebendo essa grande ajuda do Incra. Para nós, que sofremos muito com a enchente, isso é um grande presente”.
Essa mesma linha de raciocínio tem o assentado Antonio Rodrigues Maciel, que agradeceu a Deus e ao INCRA o benefício recebido.(Fonte Ascom)

TABATINGA CONECTADA AO SISTEMA DIGITAL VIA INTERNET


Tabatinga AM - - O Amazonas Digital, sistema inédito de conexão wireless (rede sem fio), via satélite foi inaugurado hoje (27), em Tabatinga (a 1105 km de Manaus). O projeto abre caminho para a inclusão digital e social das populações do interior com acesso gratuito à rede mundial de computadores e a serviços como a emissão de documento e ensino à distância.
O novo sistema vai interligar os diversos órgãos da administração pública municipal, estadual e federal, favorecendo a modernização da administração pública. O governador Eduardo Braga acionará o sistema, às 18h, no Centro de Informação ao Turista (CIT) da cidade.
O Amazonas Digital já foi implantado Manacapuru (a 87 km da capital) e Itacoatiara (distante 170 km de Manaus). O projeto será levado para a cidade de Tefé nas próximas semanas. Até meados do próximo ano, o sistema deve alcançar mais 11 cidades do interior.
A implantação da rede de conexão consiste na instalação de uma base HUB, equipamento que concentra o tráfego de dados. Na prática, o sinal chega via satélite direto ao “ponto cliente”, local onde as comunidades ou servidores de órgãos públicos acessarão a Internet, como praça de alimentação, praças públicas, escolas, delegacias. Nesses ambientes serão instalados Hotspot (para uso público) ou pontos de acesso (locais fechados).
Do ponto de vista da administração publica, o sistema vai viabilizar a interligação dos diversos órgãos públicos, tornando mais eficientes os processos de comunicação entre os municípios e a capital do Estado. Ao cidadão, o benefício mais relevante será o acesso a conteúdo multimídia (web); correio eletrônico (e-mail); transferência de arquivos (ftp); comércio eletrônico (e-commerce); ensino a distância (e-learning); telemedicina e outros.
Todo o projeto tem valor estimado em R$ 50 milhões de recursos provenientes do Governo. Sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Econômico (Seplan), o Amazonas Digital surgiu em resposta aos desafios de resgatar do isolamento as cidades do interior, o que confinava os cidadãos, muitas vezes, a esperar até 60 dias para ter a emissão de uma carteira de identidade.(JM)

CHEGADA DA TV DIGITAL IMPULSIONA COMÉRCIO

Manaus - As novas tecnologias atraem cada vez mais os manauaras. Nas lojas de eletroeletrônicos, por exemplo, a sensação do momento são os televisores de LCD. O comércio de televisores continua liderando os rankings de venda juntamente com os aparelhos celulares de última geração, o que segundo comerciantes e especialistas, indica alta adesão ao sistema de transmissão e recepção de conteúdos em sinal digital.
No setor de eletroeletrônicos de uma loja do Studio 5 Festival Mall, por exemplo, os televisores analógicos não estão mais à venda, todos já estão com a nova roupagem dos LCDs e sistemas de tecnologia de ponta, como o FULLHD, (áudio e vídeo digital em altíssima definição).
O gerente da loja, Carlos Rocha, afirmou que o poder aquisitivo não parece mais ser problema para as pessoas que querem ter produtos de alta tecnologia em casa.
- Não dá para se definir a classe de clientes que compram as TVs digitais e de LCDs. As pessoas que antes levavam TVs de 21 polegadas, compram hoje TVs de 29 polegadas, agora o poder aquisitivo deles permite - afirmou Carlos Rocha.
De acordo com uma pesquisa de vendas realizada na loja do Studio 5 Festival Mall, os clientes não compram televisores com tecnologia ultrapassada. A compra agora é por modelos novos, principalmente os de LCDs.
- Essas TVs de LCD estão contadas, mas nós ainda temos por causa da procura. Até os moradores dos bairros periféricos de Manaus querem os televisores de LCD, já não é possível definir a classe econômica dos consumidores - afirmou o gerente.
Rocha explicou ainda que alguns clientes já estão interessados no conversor, pois sabem que o sistema antigo pode demorar a sair do mercado. Segundo ele, a concorrência de produtos é grande.
- Alguns ainda procuram o set-up-box, enquanto outros preferem se antecipar e comprar um televisor de melhor qualidade. A concorrência entre as TVs de alta tecnologia vai depender do poder aquisitivo dos clientes - salientou Rocha.

Inauguração

De acordo com o presidente da Rede Amazônica de Rádio e Televisão, jornalista Phelippe Daou, o lançamento do sinal digital da TV Amazonas será realizado no próximo dia 31. A autorização para transmissão em TV Digital já foi concedida pelo Ministério das Comunicações.(P.Amazonia).

ALTERAÇÕES NO PLANO DIRETOR DE MANAUS CHEGAM A CMM DIA 13


Manaus - As mudanças propostas para o novo Plano Diretor Urbano e Ambiental de Manaus devem ser encaminhadas à Câmara Municipal de Manaus (CMM) para aprovação segunda-feira (31), segundo informou, ontem (26), o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), Bosco Saraiva.
A penúltima etapa do processo de revisão do plano foi concluída ontem, com a realização de uma audiência pública que reuniu representantes da sociedade civil e de diversas instituições públicas Federais, Estaduais e Municipais, no auditório da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), no bairro Japiim, zona Sul.
Durante a audiência, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer todos os pontos que serão propostos por meio de sete projetos de lei, de autoria de Executivo Municipal.
A criação de seis novos bairros no perímetro urbano a partir da inclusão de comunidades a exemplo do Novo Aleixo, Cidade de Deus, Cidade Nova, Lagoa Azul, Tarumã e Tarumã-Açú; o incentivo ao adensamento do solo com o objetivo de garantir a ocupação de espaços ociosos, sobretudo na área central de Manaus; a ampliação do tamanho dos passeios públicos de 1,5 metro para 2,5 metros; a redefinição das áreas mínimas dos compartimentos dos imóveis; a normatização das instalações dos engenhos publicitários como outdoors e o parcelamento do solo urbano foram alguns dos pontos apresentados pelo corpo técnico do Implurb durante a audiência.
As propostas começaram a ser traçadas há cerca de um mês quando, durante a realização de um seminário. Mais de 200 propostas sugeridas por lideranças comunitárias e representantes de movimentos sociais foram analisadas pelo Implurb e, de acordo com Bosco Saraiva, várias foram incorporadas ao texto final.
Participação popular
O superintendente do Sindicato das Empresas de Construção Civil do Estado do Amazonas (Sinduscon), Cláudio Guenka, elogiou a iniciativa de discutir publicamente as mudanças, mas destacou que sem o interesse das pessoas pelo assunto não há como democratizar a gestão do plano diretor.
- Não dá, por exemplo, para questionar aqui nesse processo a regularização de terras ocupadas de forma ilegal como muita gente pensa. Há outros espaços para isso. Essa audiência vem democratizar e ampliar a disseminação em torno do conhecimento do Plano Diretor de Manaus - destacou Guenka.
Atualmente, o Sinduscon reúne mais de 90 empresas do ramo de construção civil com atuação no mercado imobiliário e obras públicas. (RC)

Trânsito no Coroado volta ao fluxo normal


Manaus - O fluxo de veículos na avenida General Rodrigo Otávio voltará ao fluxo normal hoje, quinta-feira (27), a partir das 13h, no trecho entre a rua Cristo Rei e a rotatória do Coroado.
O trecho que estava sendo utilizado como desvio (sentido Campus - rotatória), será liberado para a abertura da trincheira e construção da terra-armada (rampa) na avenida General Rodrigo Otávio.
Outra mudança que será feita é que a rua Presidente Médici, que antes estava sendo utilizada em dois sentidos, passa a ser mão única, com saída para a avenida General Rodrigo Otávio.
A rua Amazonas também passa a ter sentido único, sendo que esta será somente como acesso de entrada de quem vem da avenida General Rodrigo Otávio.
Técnicos do Instituto Municipal de Trânsito e Transportes (IMTT) e da construtora Camargo Corrêa vão estar no local coordenando as ações para a normalidade do trafego.(Semcom)

EX-PREFEITO DE COARI É DENUNCIADO POR PEDOFILIA


Coari-AM - O Ministério Público do Estado (MPE) denunciou na 2ª Vara da Comarca de Coari o ex-prefeito do município Adail Pinheiro por pedofilia. Também foram denunciados o ex-secretário municipal de Governo, Adriano Salan e a servidora Maria Lândia Rodrigues por exploração sexual infanto-juvenil e favorecimento à prostituição.
A denúncia, assinada pelo promotor Válber Diniz da Silva no dia 29 de julho é baseada em escutas telefônicas feitas pela Polícia Federal (PF) com autorização da justiça durante a Operação Vorax e no depoimento de uma criança de apenas 12 anos. Em depoimento, a menina disse que se encontrou com o prefeito uma vez e que ele propôs casamento a ela. De acordo com a menina ela não chegou a manter relações sexuais com o ex-prefeito, mas que ele ofereceu vários presentes.
Em outras escutas telefônicas, já reveladas pela Polícia, fica claro o interesse do grupo na exploração de adolescentes, inclusive com o agenciamento de Maria Lândia Rodrigues.
Na denúncia, o promotor Válber Diniz tipifica quatro crimes praticados pelos acusados, conforme artigos do Código Penal Brasileiro: 227, 228 e 229, além do artigo 244 do Estatuto da Criança e do Adolescente.
Essa é a primeira denúncia contra Adail na Justiça Estadual.(P.Amazonia)

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

DEPOIS DO PURUS E MADEIRA BRAGA VISITARÁ O SOLIMÕES


Manaus - Depois de percorrer a calha do rio Madeira, na última semana, e autorizar mais de R$ 75milhões em novos investimentos para recuperar a infraestrutura básica da região, o governador do Amazonas, Eduardo Braga, segue na quarta-feira, dia 27, juntamente com o seu vice, Omar Aziz, com destino ao Alto Solimões, com o objetivo de fiscalizar obras, agilizar a solução de problemas e distribuir implementos e sementes do programa de recuperação e fortalecimento da agricultura familiar em todo o Estado, após a cheia deste ano.
A agenda de trabalho do governador no Alto Solimões começa por Tabatinga. Depois ele segue com sua comitiva para Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Amaturá, Santo Antônio do Iça e Tonantins.

Balanço

Ao encerrar a visita à calha do Madeira no sábado, 22, Braga considerou positivo o resultado da viagem, porque serviu para agilizar a implementação de soluções para os problemas mais urgentes, definição de prioridades e ações futuras.
Durante a viagem o governador pontuou os investimentos voltados à interiorização do desenvolvimento e anunciou a construção de núcleos da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) em Borba e Nova Olinda do Norte.
Em Borba, além de anunciar um investimento de R$ 2 milhões para a construção de um novo hospital no município, Braga revelou que o pólo da UEA deverá ser entregue até o final do próximo ano.
“Vamos continuar trabalhando para dinamizar a multiplicação do conhecimento e proporcionar novas oportunidades de estudo aos jovens e adolescentes que moram no interior”, assegurou.
Em Nova Olinda do Norte, última cidade percorrida pela comitiva governamental, Braga e Omar reafirmaram o compromisso do Governo do Estado de continuar levando benefícios à população da cidade e lembraram que as políticas públicas aplicadas ao longo dos últimos sete anos começaram a mudar o Amazonas para melhor.
Ao falar sobre a instalação do núcleo da UEA prevista para Nova Olinda, Braga disse que a população deve ficar atenta para as portas que se abrem com os investimentos futuros na cidade por conta da exploração da silvinita, que vão gerar empregos e renda.(Agecom)

ASSESSORES DE LINA EXONERADAS DA RECEITA


Brasilia - A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) e a ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira (direita) (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)O secretário da Receita Federal, Otacílio Cartaxo, decidiu retirar o cargo comissionado da servidora Iraneth Weiler, que trabalhava como chefe de gabinete de Lina Vieira, ex-comandante do Fisco.
O ato foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (24). Alberto Amadei, que era assessor da ex-secretária da Receita Federal, também perdeu sua função. Ambos, porém, permanecem na Receita por serem funcionários de carreira.
Iraneth confirmou ao jornal "Folha de São Paulo", em 13 de agosto, que Erenice Guerra, secretária-executiva da Casa Civil, foi ao gabinete de Lina no final do ano passado. "Ela entrou pela porta do corredor, não passou pelas secretárias. Não foi uma coisa que constava da agenda", disse ela ao jornal. Erenice teria supostamente ido marcar uma reunião entre a ministra Dilma Rousseff e Lina Vieira. Em nota, a Casa Civil negou que a secretária-executiva Erenice Guerra tenha visitado a ex-secretária da Receita Federal.
No encontro, Dilma, segundo a versão da ex-secretária da Receita, teria pedido que o Fisco agilizasse a investigação sobre as empresas de Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Lina disse ter interpretado como um pedido para encerrar as investigações. Dilma sempre negou o encontro e o pedido.
Lina Vieira foi demitida em meados de julho, após a decisão do Fisco de investigar, neste ano, a Petrobras. A empresa mudou o regime tributário de competência para caixa, no segundo semestre de 2008, retroagindo ao início do ano passado, o que gerou um crédito fiscal (que pode ser abatido no pagamento de tributos) superior a R$ 1 bilhão referente à contabilização de "variações cambiais".
Em maio, a Receita Federal informou que não é permitido a empresas mudar o regime de pagamento de impostos no meio do ano, como a Petrobras admitiu ter feito no ano passado. Posteriormente, Otacílio Cartaxo afirmou que a legislação seria omissa em relação à mudança de regime tributário feita pela estatal do petróleo.

Saiba mais

Após depoimento, oposição promete insistir em acareação entre Lina e Dilma Lina diz que Dilma não tentou impedir investigação sobre filho de Sarney Renan diz que acareação entre Lina e Dilma é ‘jogo de cena’ da oposição
Senadores de oposição querem que a ex-secretária passe por uma acareação com Dilma. Durante o depoimento que deu na última terça-feira (18) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, ela disse que aceitava a aceração.
Na quarta-feira (19), o líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), ironizou a proposta de acareação. "Eles (a oposição) querem a televisão. O negócio deles é aparecer. Narciso acha feio tudo que não é espelho", provocou.
No depoimento à CCJ, a ex-secretária da Receita Federal apresentou detalhes do suposto encontro secreto com Dilma Rousseff, mas negou que a ministra tenha tentado influenciar no resultado de investigações do órgão sobre os negócios do filho de José Sarney.(g-1).

Professores de Humaitá debatem sobre BR-319


O Programa de Monitoramento da Recuperação da rodovia BR-319, executado pelo Instituto Piatam (I-Piatam), vai reunir professores municipais de Humaitá, distante 600 quilômetros de Manaus, para discutir sobre os impactos positivos e negativos da recuperação BR-319 (Manaus - Porto Velho). O debate ocorre nos dias 24 e 25 deste mês e, na ocasião, serão realizadas oficinas de rádio e teatro de bonecos com duração, cada uma, de 20 horas.
A oficina de teatro de bonecos será ministrada pelo arte-educador Rosival Dias. “Durante os dois dias iremos abordar o papel do lúdico na educação, capacitar os professores a construir, a partir de sucata, os bonecos e também criar histórias. Nosso objetivo é que os professores utilizem o teatro de bonecos em sala de aula, como um recurso atrativo na discussão de temas referentes à rodovia”, explicou Dias.
Durante a oficina de rádio os professores aprenderão sobre o surgimento do rádio e discutirão a influência desse veículo no comportamento da sociedade. “Uma parceria com uma emissora de rádio de Humaitá, irá permitir que os alunos observem o dia a dia dos radialistas e aprendam noções básicas sobre produção, locução e apresentação para rádio”, afirma Edilene Mafra, instrutora da oficina.
O I-Piatam está à frente da implementação de seis programas de monitoramento ambiental das obras de recuperação da rodovia BR-319, nos trechos entre os quilômetros zero e 250 (Manaus - Careiro Castanho) e quilômetros 655,7 e 860 (Humaitá - Porto Velho). Esses trechos já contam com o licenciamento ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e recebem obras de reconstrução e recapeamento realizadas pelo Exército Brasileiro.
Os programas, que serão desenvolvidos até janeiro de 2011, são objetos de um contrato firmado entre o I-Piatam e a Fundação Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec), ligada à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

Construção do viaduto entra em nova fase


Manaus - O viaduto da Bola do Coroado entrou em uma nova fase nesta semana com o alargamento e concretagem das paredes e do piso da trincheira que passa por baixo do complexo. A trincheira vai ligar as duas partes da avenida Rodrigo Otávio, escoando veículos no sentido Universidade Federal do Amazonas (Ufam) ao Amazonas Shopping.
A Secretaria Municipal de Infra-estrutura (Seminf) avalia que a obra está 65% pronta, e manteve o prazo de janeiro de 2010 para inauguração do viaduto. O serviço de colocação das colunas de concreto, que servem como paredes para a trincheira, segue com apoio de guindastes e escavadeiras. Até a noite de sexta-feira, a Seminf pretende colocar mais de 30 colunas de concreto, cada uma pesando cerca de 10 toneladas. Com os serviços de escavação e construção da trincheira, a Seminf calcula que mais de 500 operários estejam trabalhando para concluir o viaduto do Coroado. “São pelo menos 500 empregos diretos em todos os setores da obra, que passa pela escavação, concretagem, planejamento, transporte e serralheria, entre outros”, afirmou o secretário da Seminf, Américo Gorayeb.

MEIO AMBIENTE NA PAUTA DAS PREFEITURAS


Manaus - Pesquisa da Confederação Nacional dos municípios (CNM) faz alerta: prefeitos precisam estar atentos aos problemas ambientais. Além das preocupações com saúde e educação, os cuidados com a natureza também devem entrar na pauta das prioridades.Assessoramento dos rios, contaminação do solo, poluição do ar e perda de qualidade do pescado também estão entre os impactos de maior incidência nos municípios.
Estudos identificaram focos de incêndio em 54%¨das cidades do País, com maior incidência no Maranhão, Tocantins, Rondônia e Roraima.
Em relação ao desmatamento, o Maranhão está em primeiro lugar,seguidos por Pará e Ceará. Amazonas aparece em 8º e Roraima em 9º.
Diante dos números, a confederação dos municípios quer reunir as prefeituras para colocar em pauta a importância da preservação do meio ambiente. Para isso está preparando um encontro que será realizado em Manaus e vai reunir prefeitos de toda a região no mês de outubro.
O encontro vai fazer um alerta às prefeituras e garantir prioridade nos recursos para o meio ambiente.(TV Amazonas)

CMM VAI AO MPE CONTRA A AMAZONAS ENERGIA


Manaus – Após convocar a prestadora de serviços Amazonas Energia para prestar esclarecimentos sobre as constantes quedas de energia na cidade, a Comissão de Defesa do Consumidor (CDC), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), ingressou na manhã de hoje (24), com uma representação no Ministério Público do Estado (MPE), contra a empresa.
De acordo com a presidente da CDC, vereadora Mirtes Salles (PP), a Amazonas Energia se comprometeu no último dia 13, em audiência púbica, a regularizar os problemas de cortes de energia, o que segundo a vereadora, ‘não aconteceu’.
A vereadora informou que a ação também será protocolizada Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Segundo ela, o intuito da representação é mobilizar autoridades para exigir da empresa a regularização do serviço em Manaus.
O Portal Amazônia entrou em contato com a Amazonas Energia, mas até o momento não obteve resposta sobre o assunto. A assessoria da concessionária informou apenas, que ainda hoje, divulgará uma nota sobre a representação.(Fonte:Assessoria)

domingo, 23 de agosto de 2009

VOLEY: MENINAS DO BRASIL CONQUISTAM O OCTO GRAND PRIX



Tóquio - Meninas comemoram o notável dia 23 de agosto: octa do GP, aniversário do ouro olímpico e de Mari A data de 23 de agosto já era especial para a seleção brasileira feminina de vôlei. Neste domingo, no entanto, se tornou inesquecível. No dia em que completou um ano da inédita conquista da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim, o Brasil tornou-se octacampeão invicto do Grand Prix e, assim, reafirmou seu status de maior vencedor do torneio: 94/96/98/04/05/06/08/09. O time brasileiro poderia ter chegado ao oitavo título com uma rodada de antecedência na fase final, em Tóquio. A taça estava praticamente na mão. Mas ainda não era o dia 23. Por isso, somente após o triunfo sobre o Japão, por 3 sets a 1, com parciais de 25/21, 25/27, 25/19 e 25/19, é que pôde festejar.
- É um dia muito especial. Dia 23 de agosto de 2008 foi quando conseguimos a nossa maior realização. Todo dia 23 a gente vai lembrar disso. Hoje, com mais esse título, será uma comemoração dupla - disse o técnico José Roberto Guimarães.
Na verdade, será tripla. Isso porque, Mari dá um motivo a mais para a comemoração. Além da conquista do octacampeonato do Grand Prix e do aniversário da medalha olímpica, ela completa, neste 23 de agosto, 26 anos de idade.
- Por todos esses motivos, é uma data muito importante para nós - reforçou Zé Roberto.
Mari, aniversariante de 23 de agosto, saca para colocar a bola em jogo no duelo decisivo contra o Japão
Com uma derrota e quatro vitórias, totalizando 9 pontos, a Rússia ficou com a medalha de prata do Grand Prix. O bronze foi para a seleção da Alemanha, com 7 pontos, duas derrotas e três vitórias.
O Brasil fez uma campanha impecável na competição. Foram 14 jogos e 14 vitórias, contra Estados Unidos, Alemanha, Porto Rico, China, Polônia, Tailândia, Japão, Coreia do Sul, Rússia e Holanda. Para manter a rotina, o GP teve uma brasileira como melhor jogadora. Em 2005, Paula Pequeno foi a eleita. No ano de 2006, foi a vez de Sheilla. Em 2008, Mari foi a escolhida. Neste ano, quem ficou com o título de MVP foi, mais uma vez, a oposto Sheilla. A equipe de Zé Roberto ainda ganhou mais um prêmio individual em 2009. Fabiana recebeu a placa de melhor bloqueadora.
O octacampeonato foi o quarto título na atual temporada da seleção brasileira, que foi campeã do Torneio de Montreux, na Suíça; da Copa Pan-Americana, nos Estados Unidos; e do Torneio Classificatório para o Mundial 2010, disputado nas cidades mineiras de Contagem e Betim.(G.Esporte)

Impecável em Valência, Barrichello vence a centésima do Brasil na F-1


Valência - ITA -Brasileiro supera as McLarens de Hamilton e Kovalainen com tática perfeita e muita velocidade na pista no GP da Europa
Barrichello comemora a vitória no pódio de ValênciaForam quase cinco anos e muitas dificuldades. Mas neste domingo, no GP da Europa, disputado no circuito de rua de Valência, Rubens Barrichello voltou ao alto do pódio. O brasileiro triunfou na Fórmula 1 pela décima vez na carreira e, de quebra, ainda inseriu seu nome de forma definitiva na história do automobilismo nacional.
A vitória em Valência é a centésima do Brasil na Fórmula 1 e veio de uma forma excepcional. Barrichello largou na terceira posição e, com uma tática perfeita, superou as duas McLarens de Hamilton e Kovalainen nos pit stops da corrida deste domingo. O inglês chegou em segundo e o finlandês caiu para quarto, superado pelo compatriota Kimi Raikkonen, que conseguiu a última posição do pódio.
Barrichello também manteve o domínio brasileiro no segundo ano da corrida no circuito de rua de Valência. Em 2008, Felipe Massa venceu com a Ferrari de forma excepcional. Neste ano, o piloto da Brawn GP foi ao alto do pódio e dedicou a vitória ao amigo da Ferrari, que se recupera do forte acidente sofrido no treino classificatório do GP da Hungria, há três finais de semana.
O brasileiro dedica a vitória ao amigo Felipe MassaNico Rosberg, da Williams, fez uma bela corrida e chegou na quinta posição, logo à frente de Fernando Alonso, da Renault. Líder do campeonato, Jenson Button foi o sétimo com a Brawn GP e o polonês Robert Kubica, da BMW Sauber, completou a zona de pontuação. Mark Webber, da RBR, acabou sem pontos, na nona posição da corrida.
Com a primeira vitória no ano, Rubens Barrichello chegou aos 54 pontos e voltou à vice-liderança do campeonato. Ele reduziu a vantagem de Jenson Button, que tem agora 72, para 18. Mark Webber, da RBR, se mantém em terceiro, apesar de não ter pontuado, com 51,5. Sebastian Vettel, companheiro do australiano abandonou e ficou com os 47. A próxima corrida da temporada será disputada na Bélgica, em uma semana, no dia 30 de agosto.
As McLarens se mantiveram nas duas primeiras posições da corrida, fazendo um bom uso do Kers após a largada. Lewis Hamilton ficou na ponta, seguido pelo companheiro Heikki Kovalainen. Rubens Barrichello largou bem e assegurou a terceira posição. Kimi Raikkonen, também com o Kers, subiu de sexto para quarto. Líder do campeonato, Jenson Button se estranhou com Sebastian Vettel e caiu para oitavo. Já o alemão da RBR ficou em quinto.
Ainda na primeira volta, Button errou uma curva e teve de cortar a chicane para se manter à frente de Mark Webber, da RBR. Após ser alertado pela Brawn GP de uma possível punição, o inglês cedeu a oitava posição na última curva do circuito, pouco antes de completar a quinta volta. Mais atrás, Romain Grosjean, que estreia na Renault no lugar de Nelsinho Piquet, perdeu o bico e teve de fazer um pit stop.
Antes do primeiro pit stop, Hamilton e Kovalainen, de pneu macio, abriam vantagem sobre Barrichello, que estava com os duros e mais pesado. O brasileiro, no entanto, começou a reduzir a vantagem das McLarens, à medida em que sua carga de combustível diminuía. O inglês foi o primeiro dos ponteiros a parar, na 16ª volta e o finlandês entrou na passagem seguinte.
Com pista limpa, Barrichello aumentou o ritmo e começou a fazer voltas em ritmo de classificação. Enquanto isso, Hamilton e Kovalainen se enrolavam com o tráfego. Com o tempo ganho neste período, o brasileiro ganhou a segunda posição do finlandês e se aproximou bastante de Hamilton, que manteve a primeira posição após o pit stop.
Após a primeira rodada de paradas, Hamilton e Barrichello começaram uma espécie de "match race", com um marcando o outro na pista. Quando o inglês era mais rápido, o brasileiro respondia na volta seguinte. Com isso, os dois se distanciaram de Heikki Kovalainen, que estava na terceira posição da prova neste momento.
Na 23ª volta, a McLaren pediu para o inglês não exagerar nos freios, porque as temperaturas dos pneus traseiros estavam acima do esperado. Sebastian Vettel, terceiro colocado no campeonato, abandonou na passagem seguinte, após a quebra do motor Renault de sua RBR. Na frente, a vantagem de Hamilton para Barrichello se mantinha na casa dos três segundos.
Barrichello começou a virar o jogo contra Hamilton na 29ª volta, quando começou a fazer voltas mais rápidas. A vantagem caía para a casa dos dois segundos. Oito voltas depois, o inglês entrou nos boxes para fazer sua segunda parada. No entanto, a McLaren não estava completamente preparada. Os pneus não estavam colocados corretamente na posição e ele perdeu 13,4 segundos.
O brasileiro acelerou ainda mais e fez duas voltas muito rápidas seguidamente. Na 40ª volta, o pneu traseiro direiro de Kazuki Nakajima estourou e ficou no traçado. Com medo da entrada de um safety car, a Brawn chamou o brasileiro aos boxes no fim desta passagem. Com 6,8 segundos, o brasileiro voltou com uma boa folga na frente, de mais de sete segundos.
Hamilton ainda tentou uma pressão no fim da corrida, mas Barrichello apenas administrou a boa vantagem, obtida com a tática perfeita e o bom desempenho na pista. A vitória em Valência encerrou um jejum de cinco anos sem vitórias do brasileiro e ainda marcou seu nome na história do automobilismo nacional, com o 100º triunfo do país.(G.Esporte)

O TAMANHO DA CRÍSE - *Osny Araújo


Ainda não se pode mensurar o tamanho da crise política que o País vive, envolvendo o Senado da República, o Executivo e o Partido dos Trabalhos, o PT, que perdeu praticamente toda a sua identidade e rasgou a sua bonita história que teve como berço o ABC paulista.
O que se pode afirmar neste momento, é que a crise vai se alastrando e o mais grave, com a cobertura do Planalto, por determinação do presidente Lula, que por não querer se desfazer do apoio político do PMDB bateu de frente com o Partido que fundou no ABC e provocou um grande racha nas hostis petista.
Com um Conselho de Ética sem ética a manipulado pelo Governo, com o único objetivo de blindar o presidente do Senado e defender o indefensável Sarney, uma CPI da Petrobras, tutelada pelo Governo, com petistas revoltados com a posição política do PT, por determinação do presidente da República abandonando o Partido e com um líder do Governo, o petista Aluízio Mercadante, que não tem mais uma palavra confiável e mais que isso, não lidera ninguém, a crise toma proporções alarmantes e a cada dia vai ganhando novos contornos, mas o Sarney não cai, pelo menos, até agora.
Com toda essa blindagem do presidente Sarney, o que motivou o racha no PT, a crise, creiam, está longe de acabar e certamente novidades vão continuar surgindo e isso em ano pré-eleitoral, quando o presidente Lula tenta emplacar a candidatura da ministra Dilma Roussef, não é nada saudável.
O certo é que o ético e democrático PT acabou. O Partido hoje não tem nada a ver com aquele que foi criado há 30 anos, sob o comando de um jovem e destemido barbudo apelidado de Lula, pregando a de3cência, a ética, transparência, a democracia e outros valores. Rasgou a sua história e pior, igualou-se aos piores partidos do País e por baixo e com isso deixou de ser uma referência política, partidária e filosófica.
Como não existe mal que sempre dure, espero que num futuro bem, essa crise nascida no Senado Federal sob o comando de Sarney e patrocinada pelo Governo, m através a sua tropa de choque no Congresso Nacional, possam render bons frutos num futuro próximo.
Essa história poderá começar a ser reescrita já a partir do próximo ano. 2010 será ano de eleições e como seria bom, se a sociedade que acompanha com interesse o desenrolar dessa vergonhosa crise, em função do comportamento antiético da maioria dos senadores, essa mesma maioria fosse derrotada nas urnas e se promovesse uma grande mudança, tentando com isso não purificar, mas pelo menos, melhorar o funcionamento do Senado, com a eleição de novas lideranças e de pessoas compromissadas com o País e naturalmente com a sociedade, onde os interesses nacionais possam estar acima dos pessoais.
Enquanto isso vamos continuar a presenciar a brincadeira irresponsável da maioria dos senadores, brigando feito cão e gato, enquanto os grandes assuntos nacionais vão ficando para um segundo plano, como se as brigas, a defesa do indefensável, fossem mais importantes do que o País e a democracia que com tanto suor conquistamos e a estamos colocando em risco.

*Osny Araújo é jornalista e analista político.
e-mail: osnyaraujo@bol.com.br

Agronegócio: Garantia de preço para o agricultor - *Thomaz Meirelles


O PGPAF (Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar), criado em dezembro de 2006, é uma das ações de apoio à agricultura familiar que compõe o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar. Com o PGPAF, a agricultura familiar tem a certeza de que os produtos financiados pelo crédito de custeio do Pronaf terão o custo de produção garantido. Assim, o agricultor ou a agricultora não terá que se desfazer de seu patrimônio para pagar o financiamento quando os preços de mercado estiverem abaixo do custo de produção. Não tenho informações precisas sobre o acesso dos produtores rurais do Amazonas a mais este excelente instrumento de apoio à comercialização agrícola, porém, acredito que temos muito a avançar. Entre os objetivos do PGPAF, destaco a garantia da sustentação de preços dos produtos da agricultura familiar, garantir a manutenção das atividades produtivas, estimular a diversificação da produção agropecuária e, ainda, articular as diversas políticas de crédito e de comercialização.

Quem pode ser atendido pelo PGPAF

Agricultores familiares que acessarem o crédito de custeio do Pronaf, a partir da safra 2008/2009, para a produção de arroz, café (arábica e conillon), castanha de caju, cebola, feijão, inhame e cará, leite, mamona, milho, pimenta do reino, raiz de mandioca, soja, tomate e trigo. Os produtos cobertos pelo PGPAF serão ampliados a cada safra, portanto, é importante visitar o site do programa para se atualizar: www.mda.gov.br/saf. O Comitê Gestor do programa é composto por cinco órgãos do Governo Federal: MDA, MF, MPOG, MAPA e Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda. Este Comitê é responsável pela definição dos produtos, modalidades de crédito, limite de desconto, preço de garantia e metodologia de cálculo dos preços.

Como funciona o PGPAF

O agricultor familiar que contratar uma operação de custeio do Pronaf, a partir da safra 2008/2009, terá automaticamente seu financiamento vinculado ao Preço de Garantia do PGPAF. O Preço de Garantia é o custo de produção médio da região, levantado pela Conab e definido pelo Comitê Gestor do Programa. Este preço é definido de forma a ser suficiente para cobrir os custos de produção dos produtos financiados em determinada safra e região. É importante destacar que o Preço de Garantia não poderá ser inferior ao preço mínimo e poderá ser até 10% maior ou menor do que o custo de produção, com a finalidade de estimular ou desestimular a produção de determinado produto em função dos estoques reguladores e das condições socioeconômicas das famílias agricultoras. O Preço de Garantia, regionalizado e divulgado anualmente, é publicado por meio de resolução do Conselho Monetário Nacional. Para a atual safra, os produtos garantidos são arroz, café (arábica e conillon), castanha de caju, cebola, feijão, inhame e cará, leite, mamona, milho, pimenta do reino, raiz de mandioca, soja, tomate e trigo.

Preço de Mercado e o Bônus

O Preço de Mercado é o preço médio mensal de comercialização, obtido a partir de levantamento realizado pela Conab, nas principais praças de comercialização de cada estado produtor. Toda vez que o preço médio mensal de mercado apresentar-se abaixo do preço de garantia da safra, será calculado um bônus em percentual equivalente a essa diferença de preços. Este bônus será aplicado pelo banco, automaticamente, no saldo devedor dos financiamentos de custeio do Pronaf efetivados para os produtos do PGPAF, garantindo que os agricultores familiares tenham assegurado o custo de produção para o pagamento do financiamento. O limite fixado para o bônus para cada agricultor familiar é de até R$ 3,5 mil, no período de 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2009. Para aqueles que financiaram o plantio em consórcio, o “desconto” será calculado por cultura, de acordo com a sua proporção no financiamento. No caso de empreendimentos cobertos pelo Proagro ou pelo Seguro da Agricultura Familiar, o bônus incidirá sobre o saldo devedor após a dedução do valor pago pelo consumo.

Exemplo de acesso ao PGPAF

Um agricultor familiar que contratou financiamento de custeio para a produção de milho e possui e possui um saldo devedor de R$ 7 mil. O preço de garantia para o milho na safra 2008\2009 é de R$ 18,00, porém, na hora da colheita o preço de mercado da saca de milho estava em R$ 16,00 (abaixo em R$ 2,00), portanto, o desconto a ser concedido na hora do pagamento é de 11,1% que é a diferença entre o preço de garantia e o preço de mercado, ou seja, o agricultor que tinha um saldo devedor de R$ 7 mil irá pagar somente R$ 6.221,60, valor suficiente para cobrir o custo de produção do milho. Precisamos dar maior divulgação desse instrumento no Amazonas. Maiores informações podem ser obtidas no site do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

*Thomaz A P Silva Meirelles – administrador, funcionário público federal, especialista na gestão da informação do agronegócio. E-mail: superbox@argo.com.br/ thomaz.meirelles@hotmail.com

Humaitá vai receber R$ 26,9 milhões em novos investimentos


Manaus - Convênios assinados na tarde da quinta-feira, 20 de agosto, entre o governador do Amazonas, Eduardo Braga, e o prefeito de Humaitá, Cideni Lobo, vão garantir R$ 26,9 milhões em novos investimentos para o município e assegurar a construção de um moderno hospital na cidade e a pavimentação de ruas em 13 bairros. Braga lembrou, ainda, que o Governo do Estado vai continuar investindo para dinamizar a interiorização do desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida das pessoas que moram nas regiões mais distantes. Nesta sexta, Braga passa por Manicoré e Novo Aripuanã. Depois vai para Borba e encerra a viagem em Nova Olinda do Norte, no sábado, 22.
De acordo com o governador, que está visitando a calha do Madeira, a nova unidade de saúde, na qual deverão ser investidos R$ 5,9 milhões, deverá ser entregue em fevereiro de 2010 e vai transformar Humaitá, no sul do Amazonas, em um importante pólo de saúde naquela região. Já os R$ 21 milhões que vão ser aplicados no sistema viário da cidade, viabilizarão a abertura, recuperação e pavimentação de 165 ruas em 13 bairros, beneficiando milhares de famílias.
Para o setor elétrico da cidade, o governador anunciou que até o dia 30 deste mês, um motor de 1000 KVA estará na cidade para aumentar a distribuição de energia e até o final do ano um motor de 2000 KVA também será entregue aos moradores do município.
“Com todos esses investimentos acreditamos que serão criados mais de mil oportunidades de emprego para a população local”, disse ele, destacando o compromisso do governo de realizar investimentos para melhorar a qualidade de vida das pessoas em todo o Estado.

Inaugurações

Acompanhados de diversas autoridades políticas, entre eles o secretário de Governo, José Melo, o governador Eduardo Braga e seu vice, Omar Aziz, inauguraram a Escola Estadual Marly de Carvalho Lobato Nery no bairro São Pedro. Lá, o governador lembrou que a educação é o único caminho para elevar ainda mais o nome do Amazonas e dos amazonenses.
A comitiva foi recepcionada pelos alunos da escola que já está em pleno funcionamento. “A educação é a mola propulsora do progresso, o melhor investimento que um governante pode fazer pelo seu povo”, disse Braga.
A escola padrão possui laboratório de informática, ciências, quadra poliesportiva e todas as salas de aula são climatizadas. O município de Humaitá está entre as 10 cidades no Amazonas com as melhores escolas públicas.
Segundo o vice-governador Omar Aziz, a meta é equipar todas as escolas para que se tornem referência em todo o país. “Eu estudei em escola pública e acredito na escola pública quando ela é de qualidade”, disse Aziz.
A estudante Elen Silva, 14 anos, discursou em nome dos alunos e se emocionou ao lembrar-se das dificuldades enfrentadas na antiga escola. “Hoje temos tudo que precisamos para aprendermos cada vez mais”, disse.
Para amenizar os efeitos da enchente nas sedes e comunidades, durante a visita a Humaitá, Braga entregou, por meio do Idam, implementos agrícolas, como 100 motores rabeta de 5,5 Hp (gasolina), 01 grupo gerador 15 KVA (diesel), 05 grupos geradores 7,5 KVA (diesel), 30 casas de farinha, 100 kits de ferramenta com terçado, machado, enxada e esmeril, além de 30 kits pescador e sementes para que os agricultores possam ter equipamento e meios para recompor as lavouras perdidas.
Para os mototaxistas do município, o Governo do Estado entregou 89 kits com capacetes e coletes, que vão garantir a segurança dos trabalhadores e passageiros.
Já a Secretaria de Assistência Social em Humaitá, por meio do “Projeto Juntos pela Cidadania”, entregou 60 kits para bebês. Só em Manaus são distribuídos aproximadamente 2.500 kits por mês nas maternidades estaduais.(Agecom)

COMO DEIXAR DE FUMAR...


Manaus -A Fundação de Medicina Tropical do Amazonas (FMT/AM) realiza no período de 25 a 29 de agosto, como parte das comemorações do “Dia Nacional de Combate ao Tabagismo”, celebrado em 29 deste mês, um ciclo de palestras sobre “Como Deixar de Fumar em 5 Dias”. Médicos e especialistas de diversas áreas irão orientar os participantes sobre como largar o vício, dentro de um método internacionalmente reconhecido.
A programação diária começará sempre às 19h30, com entrada gratuita, na sede da FMT/AM, na Avenida Pedro Teixeira, 25. O método que será utilizado nas palestras foi criado em 1960 pela Associação Internacional de Temperança, sob a orientação do fisiologista Waine Mcfarland e do psicólogo Folkenberg.
Considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um dos mais eficazes no combate ao fumo, o método se baseia em palestras com temas específicos, com pouco mais de uma hora de duração, e também no depoimento de pessoas que foram submetidas a esta prática e tiveram resultados positivos.
“Trabalho com este método há dez anos aqui em Manaus e os resultados são sempre muito positivos. É muito importante a participação das pessoas que querem abandonar o vício”, destacou o infectologista e pediatra da FMT/AM, Rogério de Paula, um dos coordenadores da campanha.

Palestrantes

Entre os palestrantes estão o Diretor-Presidente da FMT/AM, Sinésio Talhari, que vai fazer a abertura do evento na segunda-feira (25). Em seguida, Rogério de Paula vai discorrer sobre o “Fumo e o Aparelho Respiratório”.
No segundo dia, o tema da palestra médica será “O Fumo e o Aparelho Cardiovascular”, a ser explorado pelo médico Aristóteles Alencar. Também neste dia, um ex-fumante que se submeteu ao método contará sua história na tentativa de incentivar todos a seguirem seu exemplo.
No terceiro dia, o grande diferencial será a exibição do curta-metragem “Segunda Chance”, com duração de 15 minutos, que fala sobre os desafios de abandonar o vício do cigarro. Após a exibição do filme, o infectologista Antônio Magela, Diretor-Clínico da FMT, falará sobre “O Fumo e a Mulher”.
No quarto dia, uma nutricionista será convidada para debater o tema “Como Prevenir a Obesidade”. No quinto e último dia do evento, a palestra ficará novamente a cargo de Rogério de Paula, que debaterá os resultados da semana com os participantes.
Durante toda a semana, a pressão arterial dos fumantes será acompanhada. A idéia é que todos passem por toda essa programação sem o uso do cigarro. Ao final de cada dia será entregue uma receita a todos os participantes, que receberão um certificado de conclusão após a realização do curso completo.(Agecom)

Recadastramento do Bolsa Família

Manaus - Pelo menos 80% dos 76 mil beneficiários do Programa Bolsa Família (PBF) em Manaus já fizeram o recadastramento exigido pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) até este mês de agosto para os beneficiários que passaram a receber até dezembro de 2006.
A informação foi divulgada pela titular da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), Lenize Tapajós Maués. Ela alertou aos beneficiários que haverá o bloqueio do pagamento, a partir de setembro, dos cartões dos que ainda não compareceram ao órgão para atualizar os dados.
Quem não fizer a atualização até dezembro deste ano terá o benefício cancelado, explica Lenize, destacando o empenho da Prefeitura de Manaus no atendimento das famílias enquadradas no perfil do PBF.
- Houve um mutirão nos Centros de Referência e Assistência Social (CRAS) situados nas diversas zonas da cidade para chamar as famílias ao recadastramento e nós fomos de barco às comunidades rurais para atender as famílias, informou Lenize, destacando o interesse da administração municipal em atender essa clientela identificada pelo risco social.(JM)

MALÁRIA MANTEM QUEDA EM MANAUS


Manaus - O último balanço da Operação Impacto de Combate à Malária mostra que os índices de transmissão da doença mantêm-se em queda em Manaus. De 1º a 20 de agosto, o Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Dveam) da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) notificou 760 casos da doença. Ano passado, foram confirmados em todo o mês de agosto 2.307 casos.
Os números, conforme o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, demonstram a tendência de queda no segundo semestre de 2009 e são atribuídos à operação, desencadeada desde o dia 25 de maio, numa parceria entre a Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado.
De janeiro a julho desse ano, foram notificados 8.764 casos contra 12.014 no mesmo período de 2008, uma redução de 27%. A operação deve estender-se até outubro desse ano, quando encerra o período sazonal da doença na região.
- Com a intensificação das ações esperamos alcançar em outubro 40% de redução, disse o secretário, ao ressaltar que recentemente a operação foi reforçada nas zonas Leste e Oeste, com apoio da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

Mosquiteiros e telagem

Esta semana, a Semsa iniciou a telagem das casas e a distribuição de mosquiteiros impregnados com inseticida na área do Brasileirinho e Puraquequara. O trabalho já vem sendo realizado por agentes de endemia na área rural da zona Oeste, especificamente nas comunidades ribeirinhas na região do Tarumã que apresentavam grande índice de contágio.(Fonte:FVS).

NOVAS MANIFESTAÇÕES CONTRA SARNEY




Rio - Manifestantes protestam contra Sarney em São Paulo Por 'zelo', Sarney demite funcionária casada com primo de Roseana
Manifestantes se reuniram em São Paulo (SP), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ) neste sábado (22) para pedir que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), deixe o cargo.
Em Brasília, um grupo de cerca de 35 estudantes protestou por cerca de uma hora em frente à residência de José Sarney com nariz de palhaço, caixas de pizza, panelas e colheres de pau.
Manifestantes pedem a resignação do cargo, de José Sarney (PMDB-AP), presidente do Senado, durante protesto em frente à sua residência particular, no Lago Sul, em Brasília. (Foto: Dida Sampaio/Agência Estado)
O protesto foi combinado pela internet, via Twitter. No momento da manifestação, Sarney não estava em casa. Cinco viaturas da Polícia Militar e seguranças do Senado acompanharam o protesto, mas não foi registrada nenhuma ocorrência.
No Rio, a manifestação ocorreu em frente à casa do Presidente do Conselho de Ética, Paulo Duque (PMDB-RJ), em Flamengo, zona sul. Três caixas de pizza vazias foram deixadas no chão de mármore da entrada do prédio onde mora o senador Paulo Duque.
Com faixas, panelas, apitos e um carro de som, o grupo andou da estação de metrô do bairro até o local, onde ficou por uma hora e meia. O comando do 2.º Batalhão da PM mandou 8 policiais - 3 estavam armados de fuzis. Eles pediram aos manifestantes que não ocupassem a calçada do prédio do senador e que desligassem o carro de som.
Manifestantes protestam em frente à casa do Presidente do Conselho de Ética, Paulo Duque (PMDB-RJ), em Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro (RJ). (Foto: Marcos Arcoverde)
Manifestantes deixam pizzas em frente à residência do senador Paulo Duque, no Rio. (Foto: MARCOS ARCOVERDE/AE)
Na capital paulista, dezenas de pessoas levaram faixas, caras pintadas e nariz de palhaço pela Avenida Paulista.(G-1)

sábado, 22 de agosto de 2009

VASCÃO VENCE TURNO E FICA DE OLHO NA SÉRIE A



Rio - Uma festa completa com direito a "Parabéns pra você", gritos de "Vamos subir, Vasco" e a maior vitória do time até agora na Série B. Seguindo à risca o script, os jogadores não decepcionaram os torcedores que lotaram o Maracanã, neste sábado, e venceram o Ipatinga por 4 a 0 com facilidade. Com isso, o Vasco termina o primeiro turno da Segundona na liderança com 39 pontos, igualando a campanha do Corinthians no ano passado. E uma confortável vantagem de nove pontos para o quinto colocado, o São Caetano.
Carlos Alberto foi o escolhido pelos torcedores em votação pela Internet para vestir a camisa 111, em homenagem ao aniversário do clube comemorado na sexta-feira, dia 21. E o número deu sorte ao capitão, que fez um dos gols da vitória cruzmaltina. Alex Teixeira fez outros dois e Elton também marcou um, de pênalti.
A torcida do Vasco fez bonito e quebrou o recorde de público das quatro divisões do Campeonato Brasileiro nesta temporada. No total, o público pagante foi de 76.211. E superou a marca do confronto entre Flamengo e Atlético-PR, na partida em que o atacante Adriano fez sua reestreia, que foi de 68.217. Além disso, o Vasco passa a ter o melhor público da história da Série B na era dos pontos corridos. O recorde pertencia ao Atlético-MG, que em 2006 levou 74.694 pessoas no empate por 2 a 2 com o América-RN.
Na próxima terça-feira, o Vasco enfrenta o Brasiliense, às 21h, na Boca do Jacaré, em Taguatinga, na abertura do segundo turno. Já o Ipatinga encara o Figueirense, no Ipatingão, às 19h30m.
Antes de a bola rolar, o hino do Vasco foi tocado pela banda do Corpo de Bombeiros. A torcida cantou "Parabéns pra você". Ilustres vascaínos foram ao Maracanã participar da festa. O ex-atacante Donizete, o cantor Paulinho da Viola, entre outros vibraram com os gols. O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho, ficou na Tribuna de Honra ao lado do presidente Roberto Dinamite.
- Está tudo uma maravilha. O Vasco ganhando, jogando bem, o Maracanã lotado. Uma festa muito linda. Como vascaíno estou emocionado - disse o governador.
O jogo começou com o Vasco pressionando. A primeira boa chance aconteceu aos nove minutos. Alex Teixeira aproveitou uma sobra, dominou na área e girou. O chute foi rasteiro, mas no meio do gol. Fred defendeu. Mas na segunda chance, o meia não decepcionou. Ramon apareceu bem pela esquerda e viu a penetração de Alex Teixeira. O cruzamento foi perfeito, na cabeça do meia, que se antecipou ao goleiro Fred. A bola entrou no meio do gol. Vasco 1 a 0. Foi a terceira vez que Alex Teixeira balançou a rede nesta Série B.
O gol logo aos 12 minutos era o que faltava para a torcida começar a festa. Veio a "ola" pelo anel do Maracanã, depois o sgritos de "Vamos subir" e outras canções tradicionais. Mas o Vasco diminuiu um pouco o ritmo. E a partida esfriou. O time carioca só voltou a assustar o Ipatinga aos 28 minutos. Após cobrança de escanteio, Vilson desviou de cabeça. A bola passou com perigo pelo canto esquerdo de Fred.
Pouco depois, Ramon ganhou uma dividida na entrada da área e arriscou o chute. A bola passou com perigo pelo canto direito de Fred. O Vasco iniciou então uma pequena pressão. Paulo Sérgio cruzou e Vilson, de novo, cabeceou. A bola foi nas mãos do goleiro do Ipatinga.
Aos 39 minutos, o Vasco levou um susto. Na única fez que o Ipatinga chegou com perigo, Marcelo Moscatelli cruzou e Thiago Matias apareceu desviando de cabeça. A bola passou muito perto do canto direito de Fernando Prass, que estava vendido no lance.
E no fim do primeiro tempo veio o segundo gol em uma pintura de lance. Contra-ataque do Vasco, Vilson tocou para Enrico, que fez um ótimo lançamento para Alex Teixeira. O meia avançou pela direita, entrou na área e viu Carlos Alberto entrar livre pelo meio. O toque foi certeiro. O camisa 111 só empurrou a bola para o fundo da rede. Vasco 2 a 0. Festa no Maracanã. Foi o décimo gol de Carlos Alberto na temporada.
Carlos Alberto comemora o segundo gol O Vasco voltou sem mudanças para o segundo tempo. E a festa continuou. Aos nove minutos, Alessandro Lopes puxou Elton dentro da área. Pênalti bem marcado pelo árbitro João Alberto Duarte. O próprio atacante pegou a bola para bater. A cobrança foi no canto esquerdo, sem chance para o goleiro Fred. Vasco 3 a 0. Foi o nono gol de Elton na Série B. O atacante entrou na briga pela artilharia. Ele tem três a menos que Edivaldo, do Duque de Caxias, e Rafael Coelho, do Figueirense.
Logo após o gol, Elton saiu de campo para a entrada de Aloísio Chulapa. E Adriano substituiu Carlos Alberto, que entregou a faixa de capitão para o jovem Souza. Adriano foi logo mostrando o faro de artilheiro. O atacante aproveitou o cruzamento e tocou de cabeça para o fundo da rede. Mas o árbitro anulou marcando falta no lance.
O auxiliar Luiz Carlos Bezerra chegou a correr para o meio de campo.
Em festa, o torcedor vascaíno ainda encontrou tempo para brincar com a má fase do rival tricolor. Em um cartaz, um cruzmaltino mandava a mensagem: "A Suderj informa: Brasileirão 2010. Sobe o Vasco, desce o Fluminense".
O jogo esfriou após a metade do segundo tempo. Mas ainda saiu o quarto gol para encerrar a goleada. Em um contra-ataque, Adriano passou para Alex Texeira. O meia driblou o marcador, entrou na área e chutou cruzado. Um lindo gol. Vasco 4 a 0. E a torcida não parou de cantar: "Sou vascaíno e o sentimento não pode parar". E ele não para.(G-1)

RAUPP DEFENDE RECONSTRUÇÃO DA BR-319


Brasilia - O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) defendeu a reconstrução da BR-319, que liga Porto Velho (RO) a Manaus (AM), afirmando que a obra é de interesse nacional. De acordo com o senador, o fato de o Exército brasileiro estar ajudando na construção da rodovia é prova da importância da empreitada, principalmente para a soberania nacional e para o desenvolvimento econômico e social da região.
Valdir Raupp lembrou que a BR-319 foi construída nos anos 70, sendo asfaltada e inaugurada em 1977, "como importante instrumento de integração nacional, de desenvolvimento da Amazônia e de garantia da soberania nacional" e, por isso, merece ser revitalizada. O senador disse não entender a razão de o Ibama ter negado a licença para as obras.
- Não vai ser o traçado de uma rodovia já implantada no passado que vai mudar o meio ambiente do estado do Amazonas. Ele vai continuar preservado - afirmou.
Na opinião do senador, a BR-319 não recebeu a atenção devida por parte dos governantes, não tendo sido, assim, conservada da maneira que deveria ter sido. Raupp acrescentou que o estado do Amazonas mantém preservadas 83% de suas florestas.
- Os milhões de brasileiros que habitam a região amazônica não podem ser condenados a levar uma vida de cidadãos de terceira categoria, sem direito aos meios de transportes decentes e sem as condições de exercer as garantias constitucionais, representadas pelo direito de ir e vir e de cidadania. Esses milhões de brasileiros que habitam a região amazônica são vítimas do isolamento, vítimas do subdesenvolvimento, vítimas da falta de transporte para pessoas e mercadorias - disse Raupp.
Em apartes, os senadores Jefferson Praia (PDT-AM), Augusto Botelho (PT-RR) e Jayme Campos (DEM-MT) também ressaltaram a importância da reconstrução daquela rodovia, porém respeitando-se o meio ambiente.(Ag. Senado)

MANAUS TEM NOVO RECORD DE CALOR


Manaus - O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou um novo recorde de calor na cidade de Manaus ontem (21). A temperatura máxima atingiu 36,1ºC, superando os 35,9ºC registrados na última terça-feira (18).
De acordo com o instituto, uma massa de ar seco que cobre o País tem provocado baixa umidade em todos os Estados e é a principal causa das altas temperaturas registradas em toda a Região Norte.(Fonte:Inmet-P.Amazonia)

SUFRAMA DIVULGA FIAM 2009

Manaus - Durante a missão empresarial a países da América Latina (Peru, Panamá e Venezuela), liderada pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Miguel Jorge, a superintendente da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) Flávia Skrobot Barbosa Grosso, aproveita a oportunidade para divulgar as potencialidades da Amazônia Ocidental (Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia e os municípios de Macapá e Santana, no Amapá), o Polo Industrial de Manaus e a quinta edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM 2009), que acontecerá de 25 a 28 de novembro, no Studio 5 – Centro de Convenções. As principais oportunidades de negócios para as empresas brasileiras, nesses três países, estão na possibilidade de parcerias e investimentos nos setores de máquinas e equipamentos, materiais elétricos e eletrônicos, alimentos e bebidas, casa e construção, energia, defesa e infra-estrutura.
Também fazem parte da comitiva aproximadamente 90 empresários e líderes de entidades setoriais dos segmentos de alimentos e bebidas, máquinas e equipamentos, materiais elétricos e eletroeletrônicos, casa e construção, energia, defesa, infra-estrutura, software, automobilístico e plástico e químico.(Fonte:Suframa)

LONTRA RETORNA À NATUREZA


Lontra é devolvida ao meio ambiente no Amazonas
Manaus - Uma lontra macho, devolvida ao meio ambiente no dia 8 de agosto, está sendo monitorada por aparelhos pelo Grupo de Pesquisa em Mamíferos Aquáticos Amazônicos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá. A iniciativa faz parte do apoio técnico da organização ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (IBAMA/Tefé-AM).
O animal foi solto no Lago Mamirauá, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, no Amazonas. De acordo com os pesquisadores, os primeiros sinais emitidos permitem saber que o animal, que tem pouco mais de um ano, passa bem.
Durante quatro meses, a lontrinha ficou sob os cuidados do IBAMA local, que apreendeu o animal de uma família moradora de Tefé, que o criava como animal de estimação.
O caso ilustra o problema de criação de animais silvestres como domésticos, a exemplo de uma onça-pintada (Panthera onca) resgatada de uma comunidade da Reserva Mamirauá e transferida para um zoológico em Minas Gerais em junho deste ano.
A lontra faz parte da lista de animais ameaçados de extinção.Embora sua carne não seja comercializada em grande escala, sua pele tem alto valor para a confecção de vestuário. Além disso, os ecossistemas aos quais está adaptada também estão ameaçados.
Animal mamífero, seu habitat é o litoral ou rios, onde se alimenta de peixes, crustáceos, répteis e, menos frequentemente, de aves e pequenos mamíferos.
A lontra adulta mede entre 55 e 120 centímetros e pesa até 35 quilos. Sua pelagem tem duas camadas, uma externa e impermeável e outra interna, isoladora térmica. Embora seja selvagem, a lontra pode apresentar comportamento dócil. É capaz de ficar submersa por até seis minutos e, ao nadar, chega a alcançar 12 quilômetros por hora.(P.Amazonia)

REDUCAÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PROVOCARÁ DESEMPREGO


Manaus - A Federação de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas posicionou-se contrária à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que reduz a jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais e aumenta de 50% para 75% o valor pago pela hora extra trabalhada. Para a entidade, trata-se da “PEC do desemprego, da informalidade e da inflação”.
- Em termos de trabalho e emprego, a repercussão não será boa, pois o custo da mão de obra encarecerá, o que dificultará a exportação. Temos que ser racionais e não emocionais, enfatizou o presidente da entidade, José Roberto Tadros.
Segundo ele, a produção está diretamente relacionada à quantidade de horas trabalhadas. "Neste momento, em que o Brasil está em pleno processo de recuperação de uma crise econômica, reduzir a jornada encarecerá nossos produtos e diminuirá nossa competitividade", afirmou.

Votação

Na próxima terça-feira, 25, a Câmara dos Deputados instalará a Comissão Geral sobre a Proposta de Emenda Constitucional nº 231/95. A iniciativa, do presidente da Casa, Michel Temer, reunirá representantes de empregadores e trabalhadores na discussão sobre o tema.
A Confederação Nacional do Comércio está lançando uma cartilha para ser distribuída a parlamentares, entidades de classe e sociedade em geral na qual apresenta dados comprovando que a medida, se adotada sem o correspondente ajuste nos salários, ampliará o desemprego e a informalidade e ainda provocará reflexos na inflação.
O setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo é hoje o maior empregador nacional e, conforme dados do IBGE, formado essencialmente por microempresas e empresas de pequeno porte - justamente as que serão mais afetadas.(Ag.Brasil)

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

NOVO ARIPUANÃ GANHA CAMPUS DA UEA

Novo Aripuanã -AM -A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) inaugura hoje (21), o Núcleo de Estudos Superiores de Novo Aripuanã (distante 225 quilômetros de Manaus), com a presença do governador do Amazonas, Eduardo Braga.
O campus já tem 50 alunos matriculados no curso superior de tecnologia em Gestão Ambiental, que faz parte do Programa de formação técnico-científica das populações dos municípios das áreas protegidas do Estado do Amazonas. Outros 50 alunos também estão matriculados no curso de Licenciatura Intercultural Indígena, que teve início na última segunda-feira (17) em outros 51 municípios do Amazonas.
Mesmo antes de inaugurar o campus da UEA no município, 164 profissionais da rede pública no município foram graduados durante duas edições do Programa de Formação e Valorização de Profissionais de Educação (Proformar), da UEA. (RC)

RELATOR VÊ CONTRADIÇÕES NO PROCESSO DE WALLACE



Manaus – O deputado estadual Liberman Moreno (PHS), relator do processo que julga a suspeita de quebra de decoro parlamentar contra o deputado estadual Wallace Souza (PP), revelou com exclusividade ao Portal Amazônia, que novos depoimentos de defesa colocam em contradição as informações levantadas pela força-tarefa que, segundo ele, ‘derrubam completamente’ alguns argumentos que constam no processo.
Libermam disse que os argumentos não podem ser divulgados na íntegra para não prejudicar as investigações, mas informou que não sabe como a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa do Estado (ALE), vai se portar diante do resultado final do relatório, com o novo rumo que o processo está tomando.
- Posso dizer que já existem muitas contradições no processo. Informações de que certos acontecimentos e episódios que constam nos autos, estão sendo justificados pelas pessoas que foram ouvidas derrubam completamente alguns argumentos colocados no processo. Nós já enxergamos essas contradições apontadas de maneira muito clara e com riqueza de detalhes pelas testemunhas. É um problema sério que revela uma diferença entre o que foi levantado, e o que as testemunhas estão falando – revelou.
De acordo com o parlamentar, a entrega do parecer sobre o processo, prevista para a próxima sexta-feira (28), será afetada em função dos novos depoimentos. Segundo ele, a data definitiva para o anúncio do relatório conclusivo, ainda não pode ser estipulada, mas informou que o desejo da comissão é acabar o mais rápido com as investigações.
Questionado se as novas denúncias contra Wallace Souza, sobre o pagamento de funcionários do programa Canal Livre, apresentado por ele, e pagos com dinheiro da ALE, seriam consideradas pela comissão de ética, o deputado disse que elas não entrarão no processo, pelo menos, temporariamente.
- Se considerássemos essas denúncias, teríamos que recomeçar todo o processo, não sou eu que determino isso, e sim a lei que deve ser cumprida. Precisaríamos de muito mais tempo para análise, e no momento não temos – disse.
O deputado disse que os quatro depoimentos de defesa ouvidos pela ALE são somente de defesa e não há testemunha de acusação, porque, o processo já passou pela analise do Ministério Público do Estado (MPE). Ele disse ainda, que o próximo passo a ser tomado pela ALE é discutir na próxima semana o atual relatório com destaque para os novos depoimentos.
Questionado se estaria sofrendo pressão, contra ou a favor, para emitir o parecer sobre o caso, o parlamentar disse que ninguém até hoje ousou fazer isso.
- Não recebo ordem de ninguém. Sou incapaz de receber pressão e se alguém me fizer qualquer tipo de pedido, mesmo que carinho, eu desconsidero – disse.
Para o promotor da força-tarefa do MPE, Fábio Monteiro, não há possibilidade de que existam provas contra o que foi apurado.
- Na verdade, nós não temos acesso àquilo que está sendo produzido no Conselho de Ética. Por outro lado, para o Ministério Público, as provas são contundentes. Nós temos que nos preocupar em levar as informações é para o judiciário que tem autoridade para julgar o processo criminalmente. Do ponto de vista da assembléia é um processo político e devemos considerar que o grande julgador do que está sendo feito será o eleitor. Não há possibilidade de que existam provas que derrubem o que já apuramos, declarou.(P.Amazonia)